The Walking Dead 2×02: Bloodletting

Um dos pontos mais interessantes deste episódio é o flashback inicial de Lori. Nele percebemos mais uma vez que ela não andava muito satisfeita com o seu relacionamento com Rick, sendo a reclamação maior o fato de Rick não gritar com ela e ser certinho demais. Há um tom triste quando ela diz que se casaram muito jovens.

Mas o enredo principal gira em torno do tiro que atingiu o garoto Carl. A partir disto conhecemos novos personagens humanos que habitam este mundo hostil. Não há tempo para desenvolver a história deles, mas já dá pra entender que são boas pessoas e que farão de tudo para ajudar Carl, mesmo que isso esteja além de suas capacidades.

Atitudes como essa deixam um resquício de esperança de que ainda há chance para a humanidade, mesmo que isso pareça quase impossível. O próprio Rick acha que não existe cura, não existe futuro e é triste ver o personagem principal com esse ar derrotista, mas a verdade é que ele está passando por mais uma provação difícil ao ter que lidar com o filho baleado e mais toda a tensão relacionada aos errantes.

Pode não ter sido um episódio empolgante como alguns que já vimos, mas ele tem sim bons momentos, como os diálogos entre Shane e Rick, que mostram que os dois realmente se importam um com o outro.

Ah sim, não dá para esquecer do final. Mais uma vez temos um desfecho cheio de tensão e fúria. Daqueles que te deixam ansioso pelo próximo episódio.
7/10

About these ads

3 comentários sobre “The Walking Dead 2×02: Bloodletting

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s