Preciosa – Uma História de Esperança

Título original: Precious: Based on the Novel Push by Saphire
Ano: 2009
Diretor: Lee Daniels

Vou fazer uma promessa: de agora em diante jamais irei julgar mal um filme antes de assisti-lo. Caramba, eu pensava que Preciosa seria aquele típico filme hollywoodiano que estamos cansados de assistir. Sabe aquela história água-com-açucar de uma pessoa desfavorecida que vence na vida? Achei que Preciosa fosse algo desse tipo. Me enganei.

A Preciosa do título é uma mulher COMPLETAMENTE desfavorecida. Talvez alguns não estejam preparados psicologicamente para entrar na vida dessa garota. Olha só: dezesseis anos, pobre, obesidade morbida, uma filha com Down e grávida de outra criança – ambas resultados de estupros do próprio pai -, analfabeta, humilhada na sala de aula e xingada e agredida constantemente pela mãe. É de abalar qualquer um.

Ainda bem que existem pessoas boas espalhadas pelo mundo e Preciosa recebe uma chance de mudar um pouco a sua vida. Ela é chamada para fazer parte de uma escola alternativa, na qual ela irá tentar aprender a ler e a escrever junto com outras garotas pobres. A atriz Gabourey Sidibe demonstra muito talento logo no seu primeiro papel. A cena em que ela lê o título de um livro a pedido da professora é emblemática. Eu senti a dificuldade dela. Tocante.

O legal do filme é que ele não tenta nos enganar com uma história de redenção simplista. Não vá esperando um final feliz. Espere o fundo do poço. Espere por um choque de realidade e fagulhas de esperança. Espere por uma direção visceral do Lee Daniels. O diretor fez um ótimo trabalho aqui. Ele consegue deixar toda a situação mais tenebrosa ainda.

Vocês gostam de comida? Quem não ficou com vontade de comer alguma coisa após ver filmes como Ratatouille ou Julie e Julia? Pois é. Em Preciosa, Lee Daniels transforma a comida num tipo de vilão grotesco e sujo, sem exageros.

Para finalizar, não dá para não mencionar a atuação Mo’Nique. Oscar obrigatório. Além da mulher ser uma versão feminina do Jules de Pulp Fiction – devido ao linguajar rico em palavras como “fuck” e “motherfucker” – ela tem um monólogo espetacular no final… ESPETACULAR. É de arrepiar mesmo. Não sei se você vai querer dar um tiro no meio da cabeça dela ou sentir pena. Até agora não sei o que pensar a respeito. Só essa cena já vale a indicação do filme para o Oscar.

Preciosa é um filme MUITO difícil, pesado e necessário.

Nota: 8

– B.K.

Anúncios

20 comentários sobre “Preciosa – Uma História de Esperança

      1. eu assisti o filme , e concordo com tudo dito aqui nesse comentário .

        esse filme mostrou tudo que o mundo tenta esconder, isso foi o pontapé inicial para abrir os olhos do mundo !!

  1. Eu tenho me surpreendido com os comentários que ando lendo sobre “Preciosa”. Eu já tinha vontade de conferir o filme, mas ela tem aumentado na medida em que leio novas críticas dos amigos cinéfilos. Eu esperava que Lee Daniels iria pesar a mão, manipular nossas emoções. Mas, parece que acontece justamente o contrário. Que bom!!!

  2. Eh um filme bom e muito, mais muito pertubador. Praticamente um tapa na cara.

    Eh um filmes dos atores. Gabby Sidibe eh sensacional na personagem principal conseguindo criar uma personagem rica e uma atuacao brilhante. Sem comentarios para Monique. Acho que nunca odiei tanto uma personagem no cinema como a Mary do filme. Sensacional.

    Particularmente nao vejo todo esse merito do Lee Daniels e do rotoeiro. O Daniels para mim foi regular e nao estaria na minha lista de 5 indicados ao oscar. Agora tanto o roteiro quanto o livro me parecem apelativo em algumas situacoes, ate de forma necessaria. Eu coloquei na minha critica um fator que acontece com a Precious durante o final do filme que eu achei totalmente desnecessario para a natureza do personagem. Ficou parecendo uma tentativa forcada de manipular o publico.

    Em geral, nota 7.5. Eh um filme de atores.

    1. É, os atores se sobressaem MESMO. Mas, o Lee Daniels fez um trabalho acima da média. Não sei se merecedor de indicação ao Oscar, mas…

      Quanto a esse lance de ser apelativo, eu compreendo. Tenho esse sentimento sobre vários filmes, mas com Preciosa não…

  3. Penso que o mérito maior deste filme é das atrizes e da infeliz história de Precious. Preciosa aborda uma possibilidade de refazer uma vida destruída na qual ela nunca pôde ter ação, mas encontrar as pessoas e a oportunidade certas facilitaram encontrar um caminho de esperança para ela. É um filme visceral e muito honesto. O roteiro reuniu todos os elementos que fazem uma jovem garota ser totalmente desprivilegiada na vida, tudo que a sociedade abomina, da pobreza à violência psicológica e colocou na vida de Preciosa, em paralelo, Lee Daniels projetou os sonhos de toda jovem garota como ter um namorado bonitão e ser glamourizada fisicamente e publicamente. No início, achei desgraça demais com cara de apelo cinematográfico, mas a transparência das atuações comprovou que este filme vale a pena ser visto. bjs!

  4. O Filme sem dúvida nenhuma é o máximo. Excelente. com interpretações excelentes. Deveria ser visto por todo.

  5. Este filme e a realidade que esta bem proximo a nos, que se tornou invisivel ao nosso olhar por fazer parte do nosso dia-dia.Preciosa relata a vida de jovens que sofrem com seu silencio ,a agreçao fisica quanto psicologica passa a faser parte de sua vida, no caso de Preciosa ,ela se liberta do carcere no momento em que oportunidades lhe sao oferecidas.O filme e um convite para a ´´sociedade´´estar conhecendo um pouco a tragetoria da vida dáquelas jovens que almejam por uma chance de vida.O velenco o diretor estao de parabens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s