The Walking Dead – 1×04: Vatos


NOTA: 8

Após ter visto a mão ensanguentada de Merle, o grupo comandado por Rick continua a busca. Nem preciso dizer como Daryl ficou doido quando viu a mão decepada do irmão. Mais intenso do que isso foi acompanhar o grupo seguindo os rastros sangrentos de Merle e assim descobrindo como ele procedeu para tentar se livrar da morte.


No início do episódio foi mostrado como as irmãs Andrea e Amy tem um laço familiar interessante. Ficou nítido que as duas se preocupam muito uma com a outra. É uma cena essencial que torna ainda mais chocante a perturbadora sequência final. Também no acampamanto vemos o ainda pouco explorado personagem Jim cavando buracos na terra. Nínguem sabe o motivo, mas todos ficam assustados com a situação.


O grande acontecimento de Vatos acaba sendo a descoberta de novos sobreviventes na região. Quando Glenn pega a sacola com as armas ele é abordado e capturado por um grupo um tanto mal encarado. Rick, Daryl e T-Dog conseguem segurar um integrante deste grupo e planejam ir atrás deles para fazer uma troca. A impressão que temos é que esses outros sobreviventes fazem parte de uma gangue de mal feitores, prontos para levar vantagem e roubar qualquer coisa útil que esteja próxima a eles, certo?


As aparência enganam, principalmente em um mundo pós-apocaliptico. O que esse suposto bando de ladrões faz é, na verdade, algo louvável. Eles cuidam de velhinhos que foram deixados para trás por médicos e enfermeiros. Quem está por trás de tudo agora é o antigo segurança do local. Nada mais altruísta e digno de aplausos. Há uma forte crítica aos que abanadonaram os idosos à própria sorte, mas acho que ir atrás da própria família é uma atitude natural nesse caso.


E o final, que espetáculo! É daquelas coisas que você não acredita que está vendo, tamanha a surpresa e desespero que tomam conta. The Walking Dead vem se destacando tanto em termos técnicos como em atuações. Olhem a maquiagem desta adorável zumbi acima. Aterrorizantemente linda, não? O fato é que este episódio mostra que nada é o que parece e que nínguem está a salvo, absolutamente nínguem. Com isso o seriado ganha em emoção e tensão e claro, em qualidade.

/the walking dead, 1×04: vatos
bruno knott,
sempre.

Anúncios

10 comentários sobre “The Walking Dead – 1×04: Vatos

  1. Bruno, acho essa figura horripilante! Há beleza no horror? Talvez, mas não consigo ver… Sem dúvida é um seriado emocionante. Mesmo sem ver, dá para imaginar!

  2. Cara, tô fissurado nesse seriado, cada cena é perfeita, esse quarto episódio foi surpreendente. Não fico ansioso para ver o episódio seguinte assim desde Lost. Mais um ponto positivo para o Frank Daranbont.

  3. Nao tinha entendido mto o tempo gasto na conversa do pai entre as duas irmas enqto pescavam. Dai veio aquele final, dando todo sentido. Dá uma tristeza bem maior do que seria se não houvesse a cena inicial. Fantastico.

    Simpatizei-me com o irmao de Merle, apesar de tb parecer bem intragavel para o grupo. Já o Jim veio para dar ares sobrenaturais pro seriado certo? rs

    Fiquei meio pasma com a cena do asilo tb, super bacana. Com certeza eles vão voltar mais cedo ou mais tarde, assim como o pai e filho do episodio piloto ne?

    To aguardando ansiosamente pelo 5º! =P

    bjs

  4. Rapaz, eu que nao sou dos maiores fas de séries, estou pensando seriamente em acompanhar essa aqui nao só pela temática, que me agrada muito, mas principalmente pelos comentários superpositivos que vem recebendo por aí. Agora, estou muito apertado com uma série de atividades, mas tentarei ver em janeiro. Espero que até lá o aparente bom nível nao caia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s