Crítica: A Ilha dos Mortos (2009)

(1 estrela em 5)

Como fã de George Romero sinto-me triste em dar apenas uma estrela para um filme dele, mas é uma atitude inevitável. A Ilha dos Mortos é o pior filme do diretor e possivelmente um dos piores filmes de zumbis já feito.

Para um filme do gênero funcionar a história não precisa ser uma maravilha, mas também não pode ser uma sucessão de clichês, acontecimentos sem graça e personagens desinteressantes. São exatamente estas coisas desagradáveis que são oferecidas aqui.

Resumindo a história: os zumbis estão acabando com a população da terra e um lugar que aparenta ser menos perigoso é uma ilha bem afastada. O problema é que duas famílias travam uma disputa interna nesta ilha, algo que também resulta em violência e mortes. Um grupo de militares que encontra o local deve lidar tanto com os zumbis como com essa disputa entre as famílias.

Os zumbis se tornam extremamente secundários a medida que o filme avança. Isso não seria um problema se o roteiro fosse criativo e se lidasse bem com a parte psicológica dos seus personagens, algo que realmente não ocorre aqui.

Acho que nem o maior fã do gênero vai conseguir ver alguma coisa positiva durante os 90 minutos. O ritmo é digno de bocejos, as atitudes dos personagens são extremamente tolas e previsíveis e as resoluções são desprovidas de inspiração. Para piorar, algumas cenas mais violentas são dirigidas de uma maneira quase que amadora por George Romero. Será que a carreira dele tem salvação?

Se você tiver coragem de assistir (ou se já asistiu) não deixe de comentar por aqui. Estou sozinho quando digo que este é o pior filme do Romero?
IMDb

Anúncios

10 comentários sobre “Crítica: A Ilha dos Mortos (2009)

  1. Aos 70 anos, com um filme desmotivado assim, parece improvável que George Romero se reerga das cinzas. Quem sabe se um escritor jovem, fã do gênero, apresenta a ele um roteiro instigante? Enquanto há vida, há esperança… 🙂

  2. Amigo, quando vi esse filme esperava por uma pérola e encontrei um lixo com grande produção. O humor do filme nem sequer parece proposital, da a impressão de que foi sem querer. A abertura do filme já começa de forma patética, e os efeitos especiais são ridículos. Como você disse, os personagens tomam atitudes que desafiam a inteligência (e talvez até a burrice). Não vi tentativa de fazer humor com esse filme, só vi um humor sem querer, do tipo daquele humor que acontece quando um cara que não entende nada de cinema tenta fazer um filme. O roteiro é horrível, cheio de buracos, não desenvolve os personagens e cria solução ridiculamente fáceis, como a cena em que, do nada, a garota diz ter uma irmã gêmea. E pior é a tentativa de fazer drama depois, dizendo que sempre sentiu ciúmes da irmã gêmea . Os personagens são incoerentes, os encontros não tem justificativa. Enfim, acho que a senilidade de Romero chegou, pra produzir um filme como este.

  3. Desculpe-me, mas discordo bastante quando tratam esse filme como o “pior” filme de Romero.
    Survival… é um filme ótimo, com todas as caracteristicas romerianas de um filme de zumbis, uma critica social arraigada a um conflito de sobrevivência, e sangue, muito sangue.Tudo bem que há requintes de comédia, o que deixou a tensão de lado, mas não exclui de ser um bom filme.
    O filme é atrativo sim, lembra muito os outros da saga, com um cenário diferenciado, mas o ostracismo dos zumbis pode ter consumido um pouco a “novidade” ofuscada pelo boom de novos filmes no cinema.
    Ao compararmos este filme com outros de Romero, podemos negativa-lo sim como mais fraco que os quatro primeiros filmes “…of the dead”, mas este tem traços semelhantes a Terra dos mortos, e, apesar de desgastado como falei anteriormente, não deixa de ser um bom filme, no mínimo diferente.
    Será que ninguém percebeu que os zumbis em segundo plano foi uma estratégia do diretor para focar sua trama apenas no mundo dos vivos e suas intrigas?
    Se é pra taxar um filme de Romero como ruim taxem o Diary of the dead, e não este que é um bom filme do mestre dos zumbis.

    1. eu amo filme de zumbis, é o meu gênero preferido.

      obviamente, vi todos os do Romero e sinceramente, considero Diary bem melhor do que A Ilha. Eu percebi que ele quis focar na briga das famílias, mas o problema é que ele não soube como fazer isso de uma maneira que despertasse o mínimo interesse.

      veja o que é feito em THE WALKING DEAD, lá na maioria do tempo que importa são as pessoas e seus problemas, não necessariamente os zumbis. a diferença de qualidade dos dois é gritante.

      sou fã do Romero e realmente espero que ele faça algo melhor da próxima vez, pq o que eu vi neste filme me deixou bem preocupado.

  4. Ninguém já mais poderá tirar a gloria do grande George A.Romero.
    Realmente esperava mais desse filme ele tem muitas idéias boas não exploradas pelo roteiro. Quando o filme acabou me sentir triste de ver um filme com tantos momentos interresantes sendo desperdiçados, eu queria muito que George A.Romero de repente volta se com o filme cheio daquela maestria que o cinema de horror aprendeu a amar, queria que ele controla-se as cenas de humor que parece tomar conta do filme, queria que ele não perdesse tempo com posições de câmera esquisitas e com personagens que não valem a pena, queria que ele estivesse escolhido atores melhores. Mais em fim eu gostei bastante desse filme e me divertir muito mais sendo George A.Romero quem e o que ele é esperava assistir uma obra prima da arte do medo.
    Queria fechar os olhos e acordar em um apocalipse zumbi dirigido pelo grande George A.Romero nos tempos de o dia dos mortos, a noite dos mortos vivos a final de contas quem é rei nunca perde a majestade.
    PS: Espero que ele faça logo outro filme só que dessa vez com toda maestria de O DIA DOS MORTOS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s