The Walking Dead 2×01: What Lies Ahead

Depois de uma longa espera The Walking Dead está de volta. A segunda temporada promete ao menos manter o nível do que vimos antes e o melhor de tudo é que dessa vez teremos 13 episódios, mais do que o dobro da primeira.

SPOILERS!!!! 

2×01: What Lies Ahead

Tudo começa com Rick Grimes tentando se comunicar com Morgan pelo rádio, sem sucesso. Para quem não lembra, Morgan é aquele que deu uma força pro Rick no episódio piloto.

Um fato misterioso do season finale foi aquele momento em que o cientista fala algo no ouvido de Rick. Este enigma continua, o que não deixa de ser um acerto do roteiro. Seria esse segredo algo de grandes proporções ou uma fofoca a nível pessoal? Só o tempo para nos dizer.

O grupo decide se dirigir para um local chamado Forte Benning em busca de um mínimo de proteção.  Alguém tem alguma dúvida de que o caminho vai ter obstáculos perigosos, desengonçados e famintos? Quando ocorre um problema com o radiador do furgão a aflição toma conta. Cada movimento desprotegido em céu aberto é acompanhado de riscos. A sensação de que a cada passo eles podem ser surpreendidos pelos errantes é transmitida com eficiência.

Um festival de carros abandonados impede que eles continuem a se mover, mas esses carros podem fornecer suprimentos. Será que eles vão poder pegar roupas, alimentos e água com traquilidade e sorrisos estampados nos rostos? É claro que não.

Um verdadeiro exército de zumbis aparece do nada e o terror toma conta. Essa sequência é capaz de animar qualquer fã do gênero de zumbis. A atmosfera criada enquanto o grupo tenta se esconder dos zumbis é sufocante. Sabemos que logo vai acontecer aquele clichê de alguém fazendo barulho e despertando a atenção dos errantes, mas tudo bem.

A cena de Andrea enfrentando um errante no mano a mano é talvez um dos pontos altos de todo o seriado, afinal temos uma exemplar atuação de Laurie Holden, que captura o desespero e a angústia da personagem, com uma reação extremamente violenta.

Falando em violência, preparem-se. As mortes continuam impressionando pelo excesso de sangue e até mesmo pela rapidez com que acontecem. Talvez alguns não estejam preparados para acompanhar o que talvez seja uma das cenas mais nojentas de todos os tempos. Não quero estragar a surpresa, mas já adianto que Rick e Shane basicamente tentam revolucionar a cirurgia ao executarem uma laparotomia exploradora mais profunda do que o normal. Não esqueça o saquinho de vômito.

O acontecimento principal do episódio é mesmo o sumiço da garotinha Sophia. Rick demonstra o heroísmo de sempre, mas ele não é o rambo. Sua estratégia para despistar os zumbis leva Sophia a se perder, agora todos estão em busca dela.

Essa situação possibilita que alguns tenham tempo para pensar sobre os seus próprios transtornos psicológicos: Shane consumido pelo desejo que sente por Lori, Andrea e sua desesperança com a própria vida e assim por diante.

Para finalizar, uma sequência que se aproxima da poesia e termina de um jeito inesperado, nos deixando ansiosos pelo próximo episódio.

The Walking Dead parece ter mantido os aspectos que fizeram a primeira temporada funcionar: conflitos intimistas, mortes de zumbis violentas, alguns mistérios e o bom desenvolvimento dos personagens. Ao que tudo indica, ainda tem bastante coisa boa pela frente.
8/10

Anúncios

3 comentários sobre “The Walking Dead 2×01: What Lies Ahead

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s