Crítica: O Ursinho Pooh (2011)

Durante 51 minutos O Ursinho Pooh proporciona um clima nostálgico dos mais agradáveis. Não dá para analisar o filme sem levar em conta o fato de que você cresceu assistindo ao desenho. Ao ver Puff, Leitão, Abel, Tigrão e Bisonho fazendo das suas, é impossível não se lembrar da época em que você era criança e não tinha muitas preocupações, uma época em que você era feliz sem exigir muito.

A história é contada de uma maneira clássica. O humor está presente em todo o desenho e de várias formas. Rimos das gags visuais, dos trocadilhos (que funcionam melhor na versão original em inglês), da ingenuidade dos personagens e da falta de um raciocínio mais apurado por parte deles. A animação está recheada de números musicais e infelizmente nem todos são inspirados, exceto aquele sobre o maligno monstro Backson, que é um dos melhores momentos do filme.

Existe ainda uma pequena lição de moral no fim que pode parecer bobinha, mas é de grande importância dado o mundo egoísta em que vivemos.

O Ursinho Pooh nos dá uma oportunidade para deixar de lado a violência, o cinismo, a inveja e outros males e aproveitar um mundo encantadoramente idílico.
9/10 

Anúncios

12 comentários sobre “Crítica: O Ursinho Pooh (2011)

  1. Eu assistia a esse desenho, quando era criança, toda semana, quando ele passava no SBT. Quero muito conferir o filme, mas passou totalmente despercebido nos cinemas daqui.

  2. Também assistia ao desenho na infância e por esse clima de nostalgia que ele tem que me fez gostar muito do filme. Além de ele trazer momentos ‘fofos’, ainda foi feito nos padrões convencionais. Merecia mais atenção tanto da própria Disney quanto das premiações. Para mim, junto com “Rio”, a melhor animação de 2011.

  3. O que eu mais gostei em “O Ursinho Pooh” foi esse espírito de ingenuidade, que faz tanta falta nos dias de hoje… É, de certa forma, uma homenagem a um tipo de infância que já não existe mais.

  4. Infelizmente não fui educado com “O Ursinho Pooh” e pelo jeito perdi com isso, visto o quanto marcou o seu e coração dos demais amigos. Abraços!

  5. É um filme tão deliciosamente infantil, que nos faz retornar época de criança. Muitos cresceram assistindo às aventuras do ursinho, e desde os traços clássicos à tradução inesquecível (porque só vale a pena curtir as canções em inglês, as vozes dos personagens, em português, são icônicas para mim), tudo em “O Ursinho Pooh” inspira enorme nostalgia.
    Um presente para os fãs.
    Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s