Crítica: Demônio (2010)

Demônio, escrito a partir de um texto de M. Night Shyamalan, contém mais erros do que acertos, mas pelo fato de ser curto e contar com alguns sustos eficientes, acaba tornando-se uma experiência tolerável.

Cinco pessoas se encontram presas em um elevador e com um detalhe: uma delas é o capiroto, o tinhoso, o demônio! Simples assim. Melhor deixar o bom senso um pouco de lado quando assistir ao filme.

A ideia de ficar preso em um claustrofóbico elevador já é assustadora por si só, agora imaginem quando pessoas começam a morrer de maneira violenta e a hipótese de que algo sobrenatural esteja acontecendo é levantada. Essa situação tinha tudo para se tornar algo aflitivo, mas o diretor John Erick Dowdle não se mostrou capacitado o suficiente para desenvolver uma atmosfera genuinamente tensa. Gostei do que ele fez em Quarentena (remake americano de [REC]), mas aqui, mesmo com todo o sangue, com a falta de luz e as mortes, faltou alguma coisa.

As atuações em alguns momentos comprometem pela artificialidade. Parece que alguns acham que para transmitir medo basta ficar tremendo a cabeça e abrindo e fechando a boca. Por favor!

Pelo menos existem algumas surpresas interessantes, ainda que em alguns casos sejam um tanto absurdas. A relação de uma das 5 pessoas do elevador com o passado do policial que trabalha no caso é uma coincidência exagerada, mas que proporciona um desfecho enraizado em uma moral cristã que pode funcionar muito bem para alguns.
5/10 

Anúncios

12 comentários sobre “Crítica: Demônio (2010)

  1. Um filme que não consegue lidar com a questão do espaço (o diretor não sabe tornar a claustrofobia do lugar interessante). Consegue se sustentar até certo ponto, mas, depois, fica cansativo.

  2. Estou para ver este filme há meio século, mas sempre adio. Incrível, né? Em melhores tempos, tudo que vinha com o nome Shyamalan embutido era topo da minha lista, mas sinceramente… este tempo passou. Ele é um caso a virar tese em Hollywood. Como caiu de nível tão subitamente? Abraços!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s