Lollapalooza Brasil 2013: The Killers

the-killers-lollapalooza-2013
O primeiro dia do Lollapalooza Brasil 2013, que aconteceu em São Paulo em 29/03, ficou marcado pelas enormes filas, pela lama, por um protesto da banda Copacabana Club contra o pastor Feliciano, por um nada inspirado Flaming Lips e, principalmente, pelo grandioso show do The Killers.

Como o quarteto de Las Vegas vem evoluindo a cada ano, tanto nos trabalhos em estúdio como nos desempenhos ao vivo, as expectativas eram enormes. Todos os fãs esperavam fazer parte de um momento único na história da banda e foi exatamente isso o que aconteceu.

De maneira matadora eles abriram o show com a clássica Mr. Brightside e o resultado foi o público indo ao delírio em questão de segundos. A música foi cantada a plenos pulmões por todos, visivelmente impressionando e contagiando o já animado Brandon Flowers. A sintonia entre público e banda ficou evidente já nos minutos iniciais, algo que se manteve inalterado até o fim.

A bela The Way it Was ficou ainda mais emocionante ao vivo. Foi neste momento que Brandon Flowers começou a mostrar todo seu carisma ao dizer em português: “oi São Paulo, somos os Killers e esta noite, somos todos seus.”

A capacidade da banda de melhorar as músicas nas versões ao vivo ficou clara também em Miss Atomic Bomb, For Reasons Unknown e From Here on Out. Nesta última, Brandon Flowers pergunta se todos trouxeram os seus “sapatos de dança”. A música tem um riff cheio de energia que combinou bastante com o clima da noite.

Merece um destaque especial A Dustland Fairytale, que para mim foi o momento mais inspirado de todos os integrantes da banda.

E o que dizer de All These Thins That I’ve Done? Possivelmente o grande hit do grupo, um verdadeiro épico que se transforma em hino nos shows. Como não se empolgar com o refrão “I got soul but I’m not a soldier” cantado por milhares em uníssono?

Com direito a chuva, fogos e um show de luzes muito apropriado, a contagiante When You Were Young arrepiou o público já alucinado e fechou com chave de ouro uma performance exemplar. Sobrou um tempo para uma calorosa despedida de um outro cara carismático, o baterista Ronnie Vannucci, que dessa vez não estava fantasiado de mago.

O The Killers alcançou o posto de uma das melhores bandas do cenário atual e tem potencial para crescer ainda mais. Shows como esse, cheios de hits, interação e sintonia, são uma prova disso!

Set List
1 Mr. Brightside
2 Spaceman
3 The Way it Was
4 Smile Like You Mean it
5 Miss Atomic Bomb
6 Human
7 Somebody Told Me
8 For Reasons Unknown
9 From Here on Out
10 A Dustland Fairytale
11 Read My Mind
12 Runaways
13 All These Things That I’ve Done
14 This Is Your Life
15 Jenny Was a Friend of Mine
16 When You Were Young

Veja o show na íntegra clicando AQUI.

3 comentários sobre “Lollapalooza Brasil 2013: The Killers

  1. Só não fiquei alheia porque minhas filhas foram, e ADORARAM. Levei a mais velha ao primeiro Rock in Rio, ela pegou gosto e passou para os irmãos. Hoje em dia sou uma alienada musical…😦

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s