Crítica: Um Domingo Qualquer (1999)

um-domingo-qualquer

Em Um Domingo Qualquer acompanhamos a trajetória do Miami Sharks, um time de futebol americano que passa por um péssimo momento. O campeonato está chegando ao fim e com as três derrotas seguidas a equipe corre o risco de ficar de fora dos playoffs. Para completar, o quarterback titular e o reserva imediato sofrem lesões. A responsabilidade sobra para Willie Beamen, o terceiro reserva. No início ele comete alguns erros que culminam em mais uma derrota, mas rapidamente ele demonstra grande habilidade, tornando-se estrela da noite para o dia e botando os Sharks na briga pelo título.

O diretor Oliver Stone coloca a câmera literalmente dentro de campo. A intensidade do esporte é bem retratada, com direito ao trash talk dos jogadores, sangue, efeitos sonoros, câmera tremida e uma edição frenética. É uma pena que em alguns momentos as coisas se tornam confusas e não conseguimos visualizar muito bem o que ocorre. É a direção estilo vídeo-clipe fazendo mal para o filme.

Um dos grandes problemas de Um Domingo Qualquer, além da direção muitas vezes caótica, é o excesso de assuntos abordados: jogadores colocando a vida em risco pelo salário, falta de ética médica, indecisão em relação a quando encerrar a carreira, donos do time que visam apenas o lucro, influência da mídia no andamento do esporte e assim por diante. Poucos são desenvolvidos de maneira adequada, mesmo com a duração de 2 horas e meia.

Infelizmente, Oliver Stone quase não transmite sentimentos positivos em relação ao futebol americano. Ele basicamente só investe no lado podre do esporte. Uma exceção é quando o técnico Tony D’Amato relembra de maneira nostálgica os tempos românticos, quando podia fechar um contrato com um aperto de mãos. Tony também faz um discurso motivacional interessante.

A verdade é que o filme vai do nada a lugar nenhum, percorrendo um caminho repleto de irregularidades. Havia material para algo bem melhor.
6/10

Anúncios

2 comentários sobre “Crítica: Um Domingo Qualquer (1999)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s