Crítica: Varsity Blues (1999)

varsity-blues-1999É inevitável constatar que Varsity Blues segue a fórmula de muitos filmes esportivos, não nos oferecendo uma experiência exatamente original. Mesmo assim, ele se destaca por transmitir a paixão pelo futebol americano como poucos. A narração em off no início já deixa claro que o futebol é um estilo de vida para a pequena cidade de West Canaam, Texas. Todos respiram o esporte e torcem para o sucesso do time da high school local. Desde crianças os atletas são pressionados para conquistarem títulos. O técnico do time parece ser o mais obcecado por isso. Ele quer a vitória a qualquer custo, mesmo que a saúde de seus comandados seja colocada em risco. Apesar de interpretado com intensidade por Jon Voight, trata-se de um personagem unidimensional. De qualquer forma, esse deslize não atrapalha o resultado final.

Temos aqui a história de Mox – um quarterback reserva pouco interessado no jogo – que precisa assumir a titularidade após a lesão do craque do time. Ele rapidamente mostra ser um jogador de qualidade, dono dos atributos necessários para levar o time ao título distrital. Restando poucos jogos pela frente, Mox vai tentar fazer com que a fama repentina e seus benefícios não atrapalhem o desempenho do time e o dele próprio.

As cenas dos jogos em si merecem todos os elogios. As jogadas são coreografadas de maneira realista e impactante, ficando ainda mais bonitas com a câmera lenta e com o som de bandas como Green Day, Foo Fighters e Offspring.

O elenco também ajuda o filme funcionar, com ótimos desempenhos de Jon Voight, Paul Walker, Amy Smart e James Van der Beek.

Mesmo com algumas falhas, Varsity Blues encanta pelo seu ritmo fluido e por evocar os mais diversos sentimentos que o esporte proporciona.
9/10

Anúncios

3 comentários sobre “Crítica: Varsity Blues (1999)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s