Crítica: Uma Noite de Crime (2013)

the-purge-2013Em 2022 os Estados Unidos vivem um excelente período, com o índice de desemprego em 1% e a violência praticamente abolida. A exceção fica por conta de um dia específico de cada ano em que o conceito de crime deixa de existir e as pessoas podem fazer o que bem entenderem, como roubar e matar. Acompanhamos uma família que se tranca dentro de casa para esperar essa noite passar, mas é claro que alguma coisa vai dar errado.

No início, essa premissa pareceu interessante para um uma mistura de sci-fi, horror e thriller, o problema é que o roteiro fica cada vez mais estúpido, tornando a experiência insuportável para qualquer um que exija um mínimo de coerência interna naquilo que assiste. Não há como aceitar as atitudes dos personagens e os clichês do gênero. Existe um limite para a nossa boa vontade e ele é rapidamente atingindo aqui.

O excesso de exposição do tema só não irrita tanto quanto os diálogos amadores ou a previsibilidade de cada cena. O diretor James DeMonaco falhou miseravelmente na tentativa de criar uma atmosfera tensa. Como aproveitar um filme de terror sem suspense e que podemos adivinhar a conclusão de cada situação supostamente mais impactante? Nem a violência choca, pois não nos envolvemos com nenhum personagem. Aliás, em alguns momentos é possível até rir do que acontece, algo que não era a intenção do diretor.

Uma Noite do Crime é candidato forte para a lista dos piores filmes de 2013. Para minha indignação, correm boatos de uma continuação em um futuro breve. Parei.
3/10

3 comentários sobre “Crítica: Uma Noite de Crime (2013)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s