Review: Game of Thrones 4×03 – Breaker of Chains

game-of-thrones-4x03-breaker-of-chainsApós o intenso episódio da semana passada, podemos considerar este terceiro capítulo da quarta temporada como uma experiência um tanto morna. A trama avança pouco, mas algumas respostas foram dadas e certos rumos começam a ser trilhados, principalmente em relação a Tyrion e a aproximação dos selvagens. Não temos nenhum acontecimento de real impacto e o ritmo é um pouco lento.

Com a morte de Joffrey, Tywin assume a responsabilidade de controlar a situação. E ele não perde tempo. No velório de Joffrey ele não hesita em conversar com Tommen sobre qual a qualidade que o comandante precisa ter para ser um bom rei. Justiça? Santidade? Força? Tywin oferece vários exemplos que mostram que tais virtudes não são as ideais. O garoto chega a conclusão de que um rei necessita de sabedoria, algo que ele adquire com o tempo e com seus conselheiros. Fica claro que Tywin já está iniciando o processo de influenciar as atitudes do jovem rei.

E não foi apenas essa conversa que aconteceu na presença do corpo inanimado de Joffrey. Presenciamos também a demonstração do sentimento doentio entre Jaime e Cersei, em uma das cenas mais mórbidas do seriado. No seriado foi um estupro, no livro não me pareceu ser bem assim. Teria que reler a passagem para confirmar.

Tyrion aguarda o seu julgamento na prisão. Ele recebe a visita de Poddrick, que lhe traz um pouco de comida e informações. Tyrion será julgado por três juízes, sendo que um deles é Oberyn, em mais uma astuta manobra de Tywin. Foi tocante acompanhar o forte laço de amizade entre o anão e o seu fiel escudeiro.

Descobrimos que Mindinho planejou o resgate de Sansa. Com qual intenção? O tempo irá dizer. Está aí um personagem dos mais interessantes, inteligentes e perigosos. Um diálogo revela bastante sobre sua maneira de pensar: “dinheiro compra um silêncio temporário, a morte compra o silêncio eterno”.

Outro personagem dos mais cruéis é o Cão de Caça, que mesmo recebendo abrigo e comida de um desconhecido, não pensa duas vezes antes de roubar todas as economias que ele possuía. Arya fica revoltada com a atitude dele, mas o Cão lhe diz que as coisas funcionam assim neste mundo. Se formos pensar em termos de sobrevivência em Westeros, será que ele está errado?

As sequências mais interessantes foram as passadas na Muralha e seus entornos. Tivemos um pouco de enrolação com Sam pensando na melhor maneira de proteger Gilly, mas também foi nessas redondezas que vimos o brutal ataque dos selvagens, com participação efetiva de Ygritte. Os selvagens estão chegando e a patrulha da noite encontra-se muito reduzida. Como Jon Snow e os outros vão proceder? Tudo indica que, inicialmente, eles darão um jeito naqueles que tiraram a vida de Mormont.

Para encerrar este regular episódio, um pouco da mãe dos dragões. O objetivo de Daenerys é libertar o maior número de escravos e o próximo alvo é Meeren. O confronto entre o campeão da cidade e Daario Naharis foi um ótimo momento, apesar do resultado previsível. Agora sabemos que ele é casca grossa também. As correntes quebradas foi uma ótima ideia, mas não criou tantas expectativas para a sequência. Pelo menos para mim.

Talvez este tenha sido um dos episódios mais fracos de Game of Thrones, mas isso não me permite chamá-lo de ruim. Breaker of Chains serviu o propósito de explicar algumas coisas e de preparar o terreno para o que vem pela frente.
7/10

5 comentários sobre “Review: Game of Thrones 4×03 – Breaker of Chains

  1. A quebradora de correntes chegoooou, êa êa ôoooooo

    É a música que cantam em Meereen hahahha.

    Onde estavam os dragões pra acabar logo com a brincadeira ? hehehe

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s