Crítica: Triunfo da Vontade (1935)

triunfo-da-vontade-cartazA diretora Leni Riefenstahl recebeu a incumbência de realizar um filme que exaltasse o nazismo e glorificasse o seu líder maior, Adolf Hitler. Infelizmente, ela conseguiu corresponder as expectativas do führer e entregou o filme de propaganda mais eficiente de todos os tempos. Apesar do imenso talento demonstrado, Leni Riefenstahl foi caindo no ostracismo após a derrocada do Terceiro Reich. É de se pensar na quantidade de bons trabalhos que ela poderia ter feito.

Triunfo da Vontade merece ser visto por ser um registro histórico importante e pelo apuro técnico de cada sequência. Leni investiu em ângulos e movimentos de câmeras criativos, ressaltando o material que abordava de uma maneira contundente. O que dizer das espetaculares tomadas áreas que demonstram a força bélica do partido nazista? Esteticamente, trata-se de um trabalho de muita qualidade, influente ainda nos dias de hoje.

Mas temos que levar em conta, também, o caráter manipulador da obra. Não há como negar que o filme ajudou a desenvolver o sentimento de que Hitler era o salvador do povo alemão. Deu no que deu. Ainda é assustador acompanhar estas cenas, mesmo 80 anos depois. Não há como não pensar em como foi possível uma população apoiar e vibrar com Hitler, o pior assassino do século XX.

Filme difícil, desconfortável, mas essencial para quem quer se aprimorar na linguagem do cinema.

triunfo-da-vontade-3 triunfo-da-vontade-2 triunfo-da-vontade-1 triunfo-da-vontade- triunfo-da-vontade-1935Nota: 8/10

 

2 comentários sobre “Crítica: Triunfo da Vontade (1935)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s