Review: Game of Thrones 4×10 – The Children

???????????

Como é fascinante acompanhar Game of Thrones, tanto para quem leu os cinco livros como para quem ainda não teve essa experiência. A única coisa ruim é que as temporadas passam voando e esta não foi diferente.

Uma parte do público ficou um pouco frustrada com o fato de que não tivemos nada sobre Tyrion e Porto Real no episódio passado, mas agora não se pode mais reclamar disso.

Bastante coisa foi mostrada aqui e muitas tramas avançaram. Convenhamos, algumas avançaram tomando rumos bem diferentes do que pensávamos, não é mesmo?

Daenerys é tomada de surpresa quando libertos pedem para voltar a serem escravos, pois a vida agora é pior do que antes. Como se fosse pouco, ela descobre que seus dragões passaram a atacar crianças. A dolorosa solução é acorrentá-los. Drogon, o mais forte, não foi encontrado. Liberta os escravos, prende os “filhos”. Não está fácil o reinado de Mhysa.

Jon, corajosamente, conversando com Mance Ryder foi ótimo. Cada vez mais ele demonstra ser um líder nato. As coisas ficaram um pouco mais fáceis para ele com a chegada de Stannis, mas agora não há como saber o que vai acontecer. A patrulha não pode tomar partido na guerra dos tronos. Os irmãos tem decisões a fazer.

O encontro de Brienne, Arya e o Cão de Caça foi o ponto alto do episódio para mim. A luta de Brienne e o Cão foi espetacular, muito violenta e muito intensa, com um resultado imprevisível. Agora Arya mais uma vez encontra-se sozinha, cada vez mais calejada na arte de sobreviver em um mundo hostil, cada vez menos inocente. Valar Morghulis!

Bran é outro que finalmente chegou aonde supostamente deveria, não sem uma batalha que não serviu para muita coisa a não ser enrolar as coisas um pouco mais e matar mais um personagem. No cliffhanger mais interessante do episódio, recebemos a notícia de que ele jamais voltará a andar, mas irá voar. Isso mesmo! Agora, como, quando e para quê é algo que não posso nem imaginar.

E aí chegamos a esperada sequência de Tyrion. Infelizmente, como muitas coisas foram abordadas, sobrou pouco tempo para fazer com que o impacto da morte de Shae e Twyn fosse tão grande como nos livros. Tudo pareceu fácil demais, banal demais. Sorte que a espetacular atuação de Peter Dinklage elevou a qualidade das coisas.

No geral faltou emoção, ainda mais para quem já leu os livros e isso foi fatal para o episódio.

A temporada terminou e não conseguimos antever nenhum tipo de conclusão para nenhum personagem e quase nenhum aspecto da trama envolvendo a disputa pelo poder em Westeros. Quando Daenerys vai atravessar os mares? Quando os Starks vão se reunir? Qual o função que Brandon exercerá? O que o futuro reserva para Arya? O que será dos selvagens, da patrulha da noite e de Stannis? E os caminhantes brancos? E os Bolton, os Greyjoy? Quais os planos reais de Varys e Mindinho? Como ficará a situação de porto real sem o cara que realmente mandava lá dentro? Jaime e Cersei vão de fato assumir para o povo que tudo que é dito sobre eles é verdade? E Tyrion, para onde irá fugir o anão?

A quantidade de situações em aberto mostra o quão rico é Game of Thrones, mas também nos faz ter um pouco de receio. Será que os arcos narrativos serão concluídos de uma maneira que faça jus a tudo o que vimos até o momento?

Só George Martin e HBO podem responder. Seguirei confiando.
7/10

2 comentários sobre “Review: Game of Thrones 4×10 – The Children

  1. Li apenas até o livro 4 e toda a parte de Bran foi novidade para mim, achei interessante e até bem mágica, mas a questão do voo acredito que será da mesma forma que o Warg dos selvagens…

    Quanto a falta de impacto em relação ao apresentado no livro concordo, faltou um pouquinho mais de emoção nas mortes de Shae e Tywin.

    Foi um bom episódio, nada espetacular como prometeram, ainda assim de uma coisa não temos dúvidas, foi uma temporada no geral espetacular.

    Até 2015!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s