Crítica: Desencanto (Brief Encounter, 1945)

desencanto-1945Se me pedissem para descrever Desencanto com apenas uma palavra, seria “perfeição”. Sem medo de soar exagerado, creio não haver outra forma de definir este que foi considerado o filme mais romântico de todos os tempos pela revista time out

Dirigido por David Lean, famoso por seus épicos como A Ponte do Rio Kwai e Doutor Jivago, e baseado em uma peça de um ato escrita por Noel Coward, Desencanto nos mostra a história de duas pessoas comprometidas que se conhecem em uma estação de trem e desenvolvem um profundo sentimento um pelo outro. Tudo se passa na Inglaterra durante o final da Segunda Guerra, portanto um período um tanto rígido em termos morais. Não seria das coisas mais aceitáveis duas pessoas casadas se entregarem a um romance extraconjugal, algo que é muito bem retratado aqui pela hesitação dos personagens de admitirem que se apaixonaram, principalmente no caso de Laura.

Aliás, uma narração em off de Laura nos acompanha durante quase todos os 90 minutos do filme e reside aí um dos motivos que o fazem ser tão bom. A decisão de tudo ser mostrado através de um flashback é outro acerto, assim ficamos curiosos para saber o que aconteceu para a melancolia tomar conta do casal na primeira cena. 

É uma pena que Desencanto não seja tão lembrado como os outros clássicos do diretor. Particularmente, considero esta a melhor obra dele. Uma história de amor honesta, delicada e nada apelativa, capaz de nos tornar cúmplices de ambos os personagens principais. Sabemos que é um romance sem futuro desde o início, porém fica a esperança de que essas duas almas possam compartilhar esse enorme afeto para sempre. 

Entrou automaticamente no meu TOP 100 e acredito que posso recomendar a qualquer um que goste de cinema!
10/10

Um comentário sobre “Crítica: Desencanto (Brief Encounter, 1945)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s