Crítica: Os Incompreendidos (1959)

os-incompreendidos-1959Os Incompreendidos é o filme de estreia de François Truffaut e um dos nomes mais importantes da nouvelle vague. Não se trata ‘apenas’ de um marco na História da Sétima Arte, mas também de um filme que encanta e fascina ainda nos dias de hoje.

Antoine Doinel é um garoto de 13 anos que passa por dificuldades durante o seu processo de amadurecimento. Ele faz um pouco de bagunça durante a aula, passa um dia com um amigo pela cidade ao invés de ir para escola e tem um relacionamento complicado com a mãe. Até parece que estamos diante de um diabinho, o que não é verdade. É apenas um garoto fazendo coisas que garotos fazem. O problema é que parece que não existe ninguém realmente interessado nele. Percebemos que ele é um bom rapaz, mas falta uma pessoa de bom coração para conversar e dar bons exemplos. Preferem considerá-lo um delinquente juvenil. Existe muito da vida de Truffaut em Antoine, inclusive o amor pelo cinema. Dentro da sala escura percebemos que ele experimenta a felicidade plena.

Com uma óbvia influência do neorrealismo italiano, Os Incompreendidos aborda com naturalidade situações responsáveis por moldar a personalidade de uma pessoa. A narrativa flui de maneira brilhante, sem jamais perder a força, culminando em uma cena final inesquecível.
[9]

 

8 comentários sobre “Crítica: Os Incompreendidos (1959)

  1. Conheço pouquíssimo do cinema de François Truffaut, mas sei que ‘Os Incompreendidos’ é uma de suas obras máximas!!!

  2. Tomara que essa cena final inesquecível seja benevolente com o pobre Antoine! Vou procurar o filme na minha locadora, Bruno, tomara que tenha! Só vocês, cinéfilos blogueiros, para me fazerem ver os filmes antigos…😉

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s