Música | Resumo da Semana

Todo semana seleciono aqui alguns dos acontecimentos mais relevantes do mundo da música e indico um álbum que não sai dos meus ouvidos.

* Nova música da Lana Del Rey

Já conferiram “hope is a dangerous thing for a woman like me to have – but i have it”? A nova iorquina Lana Del Rey havia prometido uma música nova e semana passada cumpriu a promessa. Não sou o maior fã da cantora, mas devo admitir que a voz dela está ótima e as letras demonstram muita maturidade. Este ano ela irá lançar um novo álbum.

* Tour no Brasil com Iron Maiden e Scorpions

No dia 4 de outubro a Donzela de Ferro e o Scorpions tocarão no dia do metal no Rock in Rio. A expectativa é grande para que as duas bandas toquem juntas em outras cidades brasileiras. Ainda não está confirmado oficialmente, mas os indícios são grandes de que ambos irão se apresentar em São Paulo, Curitiba e Fortaleza. Aguardemos.

* Bohemian Rhapsody levou o Globo de Ouro

Disputando com Infiltrado na Klan, Pantera Negra, Se a Rua Beale Falasse e Nasce Uma Estrela, Bohemian Rhapsody surpreendentemente levou o prêmio de melhor drama no Globo de Ouro deste ano. Eu digo que foi uma surpresa pois o filme recebeu várias críticas e não foi bem avaliado em sites especializados como o Rotten Tomatoes. Em 33 anos trata-se do pior filme a vencer o Globo de Ouro se levarmos em conta a aprovação no site – apenas 62%.

Mas é importante ressaltar que o público aprovou a história do Queen e Freddie Mercury nas telonas. O filme tem a média 8.3 no IMDb, o que o coloca na posição do 137º filme mais bem avaliado no site.

* Você está preparado para um novo Woodstock?

Foi confirmado um festival para homenagear os 50 anos do lendário Woodstock. Vai acontecer em Nova York, mas não no mesmo lugar. De acordo com os organizadores, serão pelo menos 60 bandas tocando. As bandas serão anunciadas em fevereiro.

* Álbum intratecal da semana

Hüsker Dü – New Day Rising

Um power trio que conseguia adicionar uma pegada melódica para o hardcore. Faz lembrar um pouco Dinosaur Jr no início de carreira. Há quem diga que eles preparam o terreno para o indie rock. Particularmente, não vejo muito do gênero neles não.

Destaques:
– I Apologize
– Books About UFOs
– Terms of Psychic Warfare

Anúncios

As Melhores Músicas de 2018

2018 não foi um ano maravilhoso para a música, mas alguns lançamentos de qualidade me empolgaram.

Essa é a lista das músicas que mais gostei do ano passado. Resolvi deixar só uma de cada banda. Se eu ainda tiver empenho, posto os meus 10 álbuns preferidos nos próximos dias.

15 how to dress well – nonkilling 6 | hunger

14 first aid kit – rebel heart

13 superorganism – everybody wants to be famous

12 shame – one rizla

11 muse – the dark side

10 the vaccines – i can’t quit

sob x rbe – always

the 1975 – love it if we made it

django django – marble skies

mgmt – me and michael

yves tumor – licking and orchid

beach house – pay no mind

imagine dragons – natural

the shins – half a million (flipped)

twenty one pilots – morph

Se quiser escutar essas e outros destaques no spotify, é só chegar:

Born to Run: Autobiografia (Bruce Springsteen)

Com quase 50 anos de carreira produzindo músicas cujas letras se destacam tanto quanto a melodia, não foi nada surpreendente constatar a qualidade literária da autobiografia de Bruce Sprinsgteen. Born to Run é um relato confessional sobre detalhes da vida de um dos grandes nomes da História do rock.

Acompanhamos o início repleto de percalços e dúvidas até ele se transformar no que é hoje. O livro é dividido cronologicamente e em capítulos curtos. Cada álbum ganha um capítulo próprio, assim como os acontecimentos mais relevantes de sua trajetória.

Aprendi bastante sobre The Boss lendo Born to Run. As influências como Elvis, Beatles, Rolling Stones, Bob Dylan e muitas outras são citadas. A relação dele com a família ganha destaque, principalmente a convivência um tanto conturbada com o pai. Graças ao livro também fica exaltada a importância da E Street Band. Quando falamos em Bruce Springsteen não podemos nos esquecer da banda como um todo, principalmente Patti Scialfa (esposa), Steven Van Zandt (que também é ator e participou de The Sopranos) e o gigante saxofonista Clarence Clemons.

Springsteen tem uma carreira muito fértil. São vários álbuns grandiosos e uns poucos trabalhos irregulares. Com o livro conseguimos entender a importância de Born to Run e Born in the Usa para que ele deslanchasse. E também vários outros momentos cruciais, como a arrebatadora performance da banda no show do intervalo do Super Bowl (2009).

Uma autobiografia pode ter o seu viés, mas Bruce não deixa de tocar em assuntos delicados como os seus problemas psiquiátricos. Apesar de Bruce constantemente afirma se sentir sortudo por poder viver de música, vemos que ele é mais um do meio que precisa enfrentar a depressão.

Mesmo com esse tipo de assunto, este é um livro fácil de ler. Bruce tem intimidade com as palavras e adora um humor auto-depreciativo. É claro que o público alvo são os fãs que querem compreender melhor o seu ídolo, mas Born to Run é um material interessante para qualquer um que se interesse por música.

Nota: 9

Os Melhores Álbuns de 2017

Para elaborar meu top 10 eu não me guio por pitchforks ou miojo indies da vida. O que vale é o gosto pessoal. Dê uma chance a esses álbuns e confirme que tem coisa boa aí.

Mas, cá entre nós, 2017 foi um ano meia boca para a música.

1. Future Islands – The Far Field

Ouça: North Star

2. El Mato a Un Policia Motorizado – La Síntesis O’Konor

Ouça: El Tesoro

3. The Killers – Wonderful Wonderful

Ouça: Run for Cover

4. Lorde – Melodrama

Ouça: Perfect Places

5. Kendrick Lamar – DAMN.

Ouça: Loyalty

6. Braza – Tijolo por Tijolo

Ouça: Ande

7. Cloud Nothings – Life Without Sound

Ouça: Sight Unseen

8. The National – Sleep Well Beast

Ouça: Day I Die

9. Royal Blood – How Did We Get So Dark

Ouça: Hook, Line & Sinker

10. Cigarettes After Sex – Cigarettes After Sex

Ouça: K.


 

A Trilha Sonora de Boyhood

boyhood-movie-wallpaper-1

Boyhood foi uma das experiências mais originais proporcionadas pelo cinema nos últimos tempos. Suas qualidades são inúmeras e uma que me chamou muito a atenção foi a trilha sonora. As músicas foram selecionadas a dedo, nos ajudando a nos localizar no tempo e ainda trazendo um agradável ar de nostalgia em alguns momentos. Listo aqui as minhas preferidas:

Músicas mais escutadas em 2014

Sou usuário de longa data do lastfm e não há como não fazer o levantamento anual de quais músicas mais escutei. Esse post serve como dica para quem está procurando algum som novo.

Against Me! – Black me Out

Trust – Barely

The Black Keys – Gotta Get Away

Drive-By Truckers – Made Up English Oceans

Hozier – Take Me to Church

Trust – Geryon

Drive-By Truckers – Primer Coat

The Black Keys – 10 Lovers

Imagine Dragons – Demons

10 Bruce Springsteen – Tougher Than The Rest

11 Imagine Dragons – Radioactive

12 Drive-By Truckers – First Air of Autumn

13 The Mountain Goats – Up the Wolves

14 Imagine Dragons – On Top of the World

15 Imagine Dragons – Amsterdam

 

TOP 10: Melhores álbuns de 2014

Apesar de 2014 não ter sido um ano espetacular em termos de músicas, tivemos alguns ótimos lançamentos. Escutei bastante coisa e me surpreendi como certos álbuns foram superestimados, como os mais recentes trabalhos de FKA Twigs, Aphex Twin e St, Vincent.

Menções honrosas: Hozier (Hozier), The Black Keys (Turn Blue), Cloud Nothings (Here and Nowhere Else), Sun Kil Moon (Benji).

Enfim, vamos a lista:

1 Drive-By Truckers – English Oceans
drive-by-truckers-english-oceans
Ouça: 

2 Against Me! – Transgender Dysphoria Blues
against-me
Ouça: 

Trust – Joyland
TRUST-Joyland
Ouça: 

TV On the Radio – Seeds
tv-on-the-radio-seeds
Ouça: 

Alvvays – Alvvays
alvvays_album
Ouça: 

Real Estate – Atlas
real-estate-atlas
Ouça: 

Lykke Li – I Never Learn
lykke-li-i-never-learn
Ouça: 

The War on Drugs – Lost in the Dream
the-war-on-drugs-lost-in-the-dreams
Ouça: 

Spoon – They Want My Soul
spoon-they-want-my-soul
Ouça: 

10 Future Islands – Singles
Future-Islands-Singles2
Ouça: 

Os Melhores Álbuns de 2014 (primeiro semestre)

Ainda não tivemos uma obra-prima em termos musicais, mas o ano de 2014 já revelou bons álbuns, inclusive com algumas surpresas. Tem link para escutar um playlist de destaques de cada disco.

Drive-By Truckers – English Ocean
album-english-ocean-2014
Ouça: Primer Coat

Lykke Li – I Never Learn
album-i-never-learn-2014
Ouça: No Rest for the Wicked

Trust – Joyland
album-joyland-2014
Ouça: Barely

Against Me! – Transgender Dysphoria Blues
album-transgender-dysphoria-blues
Ouça: Black me Out

Cloud Nothings – Here and Nowhere Else
album-here-and-nowhere-else-2014
Ouça: I’m Not Part of Me

Sun Kil Moon – Benji
album-benji-2014
Ouça: I Love My Dad

Real Estate – Atlas
album-atlas-2014
Ouça: Had to Hear

Jack White – Lazzareto
album-lazaretto
Ouça: Three Women

The Pains of Being Pure at Heart – Days of Abandon
Print
Ouça: Eurydice

10 Future Islands – Singles
album-singles-2014
Ouça: Seasons (Waiting on You)

Escute essas dez músicas clicando aqui

Provável setlist do Arcade Fire no Lollapalooza 2014

arcade-fire

 

Reflektor
Flashbulb Eyes
Neighborhood #3 (Power Out)
Rebellion (Lies)
Joan of Arc
The Suburbs
Ready to Start
Neighborhood #1 (Tunnels)
No Cars Go
10 We Exist? Intervention? Keep the Car Running?
11 Afterlife
12 It’s Never Over
13 Sprawl II (Mountains Beyond Moutains)
14 Normal Person
15 Here Comes the Night Time
16 Wake Up

 

As Melhores Músicas do Jack Johnson

jack-johnson-1

Nascido em Oahu, no Havaí, Jack Johnson era surfista profissional antes de se tornar músico. Após um grave acidente durante uma competição, decidiu privilegiar a música e também o cinema, curso que fez na universidade. Ele dirigiu documentários sobre surfe e compos ele mesmo as trilhas sonoras. Após incentivo de amigos como Ben Harper, gravou Brushfire Fairytales, seu primeiro álbum. Depois, a carreira decolou e hoje ele é autoridade nos gêneros indie pop e surf music.

Aproveitando que ele estará no Brasil em 2014, decidi fazer um TOP 10 do que considero serem suas melhores músicas. Não sou exatamente um fã do cara, mas devo admitir que as músicas dele transmitem uma vibe muito boa, são relaxantes, emanam positividade e nos fazem lembrar de praia e verão. Quem não gosta?

1 Upside Down
2 Better Together
3 Breakdown
4 Sitting, Waiting, Wishing
Washing Dishes
6 Flake
7 I Got You
8 Banana Pancakes
9 Good People
10 Angel

E o melhor é que você pode escutar essas 10 músicas e mais algumas clicando AQUI.

E aí, qual sua preferida? Qual está faltando?

Mr. Brightside

mr-brightsideÉ simplesmente impossível escolher UMA música preferida, mas se eu fizesse um TOP 10 da minha vida com certeza Mr. Brightside estaria presente. Esta foi a primeira música feita pelo The Killers, resultado da parceria entre Brandon Flowers e Dave Keuning. Foi o primeiro single da banda e é um dos destaques do Hot Fuss, lançado em 2004.

Sucesso absoluto, ela entrou em listas de melhores do ano, da década e até de todos os tempos. Isso sem falar no ótimo desempenho em termos de vendas.

Mr. Brightside é daquelas músicas que fascinam do primeiro ao último segundo, com seu riff inconfundível, uma letra fácil de gravar e capaz de transmitir uma energia monstruosa, algo que se deve e muito ao fato de Brandon Flowers cantá-la com a alma. E isso não nos surpreende, afinal a letra é baseada na própria vida do cantor, que se decepcionou com uma ex-namorada que o traiu.

“Eu estava dormindo e sabia que havia algo de errado. Eu tenho esses instintos. Fui para o Crown and Anchor e minha namorada estava lá com outro cara”, disse o Sr. Flowers em uma entrevista.

Outra situação interessante em relação a música é também citada em uma entrevista de Brandon, dessa vez para a NME. Ele diz que pelos idos de 2001 havia escrito muitas músicas com Dave, mas eles não sabiam em qual delas investir. Após escutarem o álbum Is This it do Strokes e o considerarem perfeito, ficaram um tanto depressivos e jogaram fora todo o trabalho feito até então, com exceção de Mr. Brightside.

Aqui vai um apanhado de várias versões e covers desta maravilha, incluindo a abertura triunfal do Lollapalooza Brasil 2013.

Versão demo


Versão final – single do Hot Fuss


Ao vivo – Lollapalooza Brasil 2013

Cover – Paul Anka (estilo clássico)

Cover – ELEW (só no piano)


Cover – McFly

Cover – Playradioplay! (uma pegada eletrônica bacana)

Cover – Fall out Boy (ao vivo)

Cover – violino (o melhor)

Remix

Remix – Jacques lu Cont


I’m coming out of my cage
And I’ve been doing just fine
Gotta gotta be down
Because I want it all
It started out with a kiss
How did it end up like this
It was only a kiss, it was only a kiss
Now I’m falling asleep
And she’s calling a cab
While he’s having a smoke
And she’s taking a drag
Now they’re going to bed
And my stomach is sick
And it’s all in my head
But she’s touching his-chest
Now, he takes off her dress
Now, letting me go

And I just can’t look its killing me
And taking control
Jealousy, turning saints into the sea
Swimming through sick lullabies
Choking on your alibis
But it’s just the price I pay
Destiny is calling me
Open up my eager eyes
‘Cause I’m Mr Brightside

I’m coming out of my cage
And I’ve been doing just fine
Gotta gotta be down
Because I want it all
It started out with a kiss
How did it end up like this
It was only a kiss, it was only a kiss
Now I’m falling asleep
And she’s calling a cab
While he’s having a smoke
And she’s taking a drag
Now they’re going to bed
And my stomach is sick
And it’s all in my head
But she’s touching his-chest
Now, he takes off her dress
Now, letting me go

Cause I just can’t look its killing me
And taking control
Jealousy, turning saints into the sea
Swimming through sick lullabies
Choking on your alibis
But it’s just the price I pay
Destiny is calling me
Open up my eager eyes
‘Cause I’m Mr Brightside

I never…
I never…
I never…
I never…

mr-brightside-killers

Os Melhores Álbuns de 2013

Babyshambles – Sequel to the Prequel
babyshambles-sequel-to-the-prequel-cover

2 Okkervil River – The Silver Gymnasium
okkervil-river_the-silver-gymnasium

3 Arcade Fire – Reflektor
arcade-fire-reflektor-cover

4 White Lies – Big TV
white-lies-big-tv

5 The National – Trouble Will Find Me
the-national-trouble-will-find-me

6 Daft Punk – Random Access Memories
daft-punk-random-access-memories

Queens of the Stone Age – …Like Clockwork
queens-of-the-stone-age-like-clockwork-capa

CHVRCHES – The Bones of What You Believe
the-bones-of-what-you-believe-cover

9 Foals – Holy Fire
foals-holy-fire

10 Yuck – Glow and Behold
yuck-glow-and-behold

*** Menções honrosas:
Savages – Silence Yourself
Sky Ferreira – Night Time, My Time
Justin Timberlake – The 20/20 Experience
Smith Westerns – Soft Will
Jake Bugg – Sangri La

*** Decepções do ano:
1. MGMT – MGMT
2. No Age – An Object
3. Franz Ferdinand – Right Thoughts, Right Words, Right Action